UFC Fight Night 81: Eddie Alvarez anula jogo de Anthony Pettis, vence e pede luta pelo cinturão

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Eddie Alvarez vence e pede luta pelo cinturão (Foto: Getty Images)
Eddie Alvarez vence e pede luta pelo cinturão (Foto: Getty Images)

 

No co-main event da noite no UFc Fight Night 81, em Boston, o ex-campeão dos leves, Anthony Pettis, parece ter sentido a derrota para Rafael dos Anjos e a falta de ritmo. Eddir Alvarez conseguiu anular completamente o jogo de Pettis e deixou o octógono com a vitória por decisão dividida dos juízes laterais. Após a luta, Alvarez disse que quer enfrentar o campeão na sequência.

“Agora eu quero lutar contra campeão. Me dê o campeão, por favor”, disse.

Logo no início do primeiro round Alvarez começou com um bom chute baixo e logo depois conseguiu quedar o ex-campeão que usou a grade a seu favor e se colocu em pé novamente. Alavarez continou espremendo Pettis contra a grade buscanso uma brecha para conseguir colocar a luta mais uma vez para baixo e enquanto se defendia muito bem, Pettis golpeava o corpo de Alvarez, que como um carrapato continuava tentando o double-leg, quando desistiu, passou um “rapa”e mais uma vez colocou o combate para baixo e novamente Pettis se levantou e dessa vez foi para o centro do cage,mas logo depois, novamente Alvarez colocou Pettis para baixo, que usou a grade para se levantar. Após isso mais uma queda por parte de Alvarez que visivelmente estava ali para amarrar a luta, mas ligeiramente Pettis mais uma vez se colocou de pé; no final do primeiro round, apenas uma movimentação até o soar da “buzina”.

No segundo round, Pettis começou se mantendo longe da grade para evitar que Alvarez conseguisse impor o jogo, mas, mais uma vez, Eddie levou Pettis de costas para a grade para buscar a queda. Conseguindo sair daquela posição chata com as costas na grade do cage, Pettis conectou uma joelhada e pouco tempo depois um chute em Alvarez. O ex-campeão seguiu rodeando Alvarez e conectou um bom chute baixo na perna de Alvarez, que logo em seguida respondeu na mesma moeda. Eddie mais uma vez levou Pettis com as costas na grade, um jogo chato que estava dando bem certo, amarrando a luta e pontuando, anulando qualquer estratégia do ex-campeão; no minuto final, Pettis encontrou uma boa distância e desferia uma boa sequência, que ficou na guarda de Alvarez que ainda tentou mais uma queda, mas sem sucesso.

O último round começou com uma movimentação melhor e Pettis chutou baixo duas vezes seguidas e Alvarez tratou logo de ir mais uma vez amarrar a luta e colocar o ex-campeão com as costas na grade do cage. Logo depois, Pettis conseguiu uma boa sequência, mas, mais uma vez Eddie foi impor seu jogo e colocou a luta para baixo e Pettis foi tentar a finalização com uma chave de calcanhar mas sem sucesso e Alvarez consegui um bom controle da luta quando consegui a meia guarda mas guerreiro, o ex-campeão se levantou, mas em seguida, Alvarez mais uma quedou e novamente Pettis se levantou, após isso a torcida presente na TD Garden Arena em Boston começou a vaiar, o que não adiantou de nada, Alvarez mais uma vez colocou o combate para baixo e seguiu pontuando. Faltando 30 segundos, eles foram para a trocação até o final do combate.

Na decisão dividida dos árbitros laterais, o ex-campeão peso leve do Bellator venceu sua segunda luta seguida no UFC desde que havia sido derrotado para o “Cowboy” Cerrone em sua estreia na organização em 2014. Essa foi a vigésima sétima vitória de Eddie em sua carreira profissional e com certeza se mantém de vez entre os top 5 da categoria dos leves e depois da vitória, ele pediu pelo campeão, que atualmente é o brasileiro Rafael dos Anjos.

Related posts

Leave a Comment