UFC Fight Night 106 – Preliminares: Massaranduba tem sequência de vitórias encerrada por Kevin Lee em Fortaleza/CE

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Lee acabou com uma sequência de vitórias de Massaranduba que perdurava por sete lutas (Foto: Getty Images).

A noite deste sábado (11) no CFO – Centro de Formação Olímpica do Nordeste em Fortaleza, capital do Estado do Ceará foi mais do que especial para os amantes de lutas que lotou as dependências do ginásio para acompanhar o UFC Fight Night 106: Belfort vs. Gastelum.

O card preliminar foi recheado de bons combates, com exceção da luta entre Serginho Moraes e Davi Ramos, que foram os únicos vaiados pela torcida presente.

Paulo “Borrachinha” vs. Garreth McLellan:

O combate que abriu a noite de lutas ficou por conta do ex-campeão do Jungle Fight Paulo “Borrachinha”, que em sua estreia na maior organização de MMA do planeta, não tomou conhecimento de se adversário, o sul-africano Garreth McLellan e anotou mais uma vitória em seu cartel perfeito, a nona vitória e o oitavo nocaute de Paulo em sua carreira no esporte.

Rony “Jason” vs. Jeremy Kennedy:

Na segunda luta, o único cearense a poder lutar “em casa”, Rony Jason encarou o norte americano Jeremy Kennedy. O primeiro round entre os dois fora muito parelho, mas o brasileiro encaixou golpes muito mais contundentes que seu adversário. No segundo assalto, Rony levou ampla vantagem e quase conseguiu terminar o combate após conectar uma lindíssima joelhada voadora que levou Kennedy a knockdown, mas o “gringo” foi guerreiro e aguentou completamente a pressão imposta pelo vencedor do TUF Brasil 1.

No terceiro e último round, Kennedy começou melhor e dominou o round. Após quedar o brasileiro, Jeremy passou o round inteiro por cima, mas não trabalhou muito mesmo estando em posição de superioridade. Faltando pouco mais de um minuto para o final, o brasileiro conseguiu se levantar, mas foi quedado novamente e ao final dos três rounds, melhor para Jeremy Kennedy, que venceu na decisão unânime dos árbitros laterais.

Michel “Trator” vs. Josh Burkman:

Mais um combate que terminou de forma muito rápida. Na terceira luta da noite, o paraense Michel “Trator” fez jus a seu apelido e tratorizou o norte americano Joshua Burkman. Logo no início, Trator encaixou duros golpes em Burkman, que sentiu, com isso, o brasileiro tratou de levar a luta para o chão e encaixou uma rara finalização, um belíssimo norte e sul para garantir sua vigésima segunda vitória na carreira, a sexta no UFC.

Rany Yahia vs. Joe Soto:

No quarto combate da noite, um duelo sangrento entre o brasileiro Rani Yahya e o norte americano ex-campeão do Bellator Joe Soto.

No primeiro e no segundo round, os atletas fizeram um duelo muito parelho e estudado. Se Yahya golpeava, Soto respondia e vice-versa. Durante o segundo assalto da luta, Yahya acertou uma cabeçada na cabeça de Soto, que abriu um ferimento que banhou o atleta norte americano de sangue, fazendo com que a árbitra responsável pelo cage Camila Albuquerque interrompesse o duelo para que o ex-campeão do Bellator fosse atendido. O médico deu o ok e o combate recomeçou, com trocação franca até o final, porém, com o brasileiro visivelmente cansado.

No terceiro e último round, domínio total do norte americano durante quatro minutos após uma queda logo no começo. No minuto final, Rany conseguiu ficar em pé, mas logo após isso o americano mais uma vez quedou o brasileiro e assim o combate permaneceu até o final para a vitória de Joe Soto por decisão unânime dos árbitros laterais.

Serginho Moraes vs. Davi Ramos:

Poderia ser uma das lutas mais empolgantes da noite, porém, fora uma das mais decepcionantes. Em duelo morno de brazucas e em uma contestada decisão dos árbitros laterais, Serginho Moraes levou a melhor sobre o estreante (no UFC) Davi Ramos. Essa foi a décima segunda vitória de Serginho na carreira, a sexta no UFC em oito lutas na organização. Davi, por sua vez, estreou com derrota na franquia presidida por Dana White e sofreu sua segunda derrota na carreira.

Francisco “Massaranduba” vs. Kevin Lee:

Um primeiro round muito bom e movimentado para ambas as partes, além de uma bela tentativa feita por Francisco “Massaranduba”, na intenção de finalizar o norte americano Kevin Lee, o que não aconteceu, Lee escapou da posição e conseguiu levar o combate para o segundo assalto, o que foi fundamental para sua vitória. No segundo round, aproveitando as brechas deixadas por Massaranduba, Lee levou o combate para o solo e logo pegou as costas do brasileiro, encaixando um justo mata-leão para anotar sua oitava vitória em dez combates dentro do Ultimate e parar com uma sequência de vitórias do brasileiro que já perdurava por sete combates.

Confira abaixo os resultados completos do card preliminar do UFC Fight Night 106: Belfort vs. Gastelum:

Peso-leve: Kevin Lee derrotou Francisco “Massaranduba” por finalização com um mata-leão aos 3m:12s do segundo round;

Peso-meio-médio: Serginho Moraes derrotou Davi Ramos por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27);

Peso-galo: Joe Soto derrotou Rani Yahya por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27);

Peso-leve: Michel Trator derrotou Josh Burkman por finalização com um norte-sul a 1m:42s do primeiro round;

Peso-pena: Jeremy Kennedy derrotou Rony Jason por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-27);

Peso-médio: Paulo Borrachinha derrotou Garreth McLellan por nocaute técnico (socos) a 1m:17s do primeiro round.

Related posts

Leave a Comment