Pequena atleta da arte suave e amante de MMA, Adriana Pereira necessita de ajuda para não perder a perna

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Adriana em tratamento e também junto com o lutador de MMA e campeão do Pankration Gerônimo Mondragon (Foto: Arquivo Pessoal).
Adriana em tratamento e também junto com o lutador de MMA e campeão do Pankration Gerônimo Mondragon (Foto: Arquivo Pessoal).
A pequena atleta paraense Adriana Pereira está passando por maus bocados em sua vida. Ela está com um sério problema em sua perna e necessita muito da ajuda de todos nós, seja da mídia, atleta, ou até mesmo você, fã de lutas.
Em um vídeo que ela postou em suas redes sociais, ela desabafou e contou um pouco do seu problema que já dura cerca de dois anos e se agrava a cada dia que passa.
_
“Não lembro o que realmente aconteceu comigo; só quando cheguei ao hospital que fui ver realmente o que tinha acontecido. Fui ver que a minha perna tinha ‘saído o couro’, que tinha necrosado”, disse a garota.
_
Esse drama da pequena lutadora já dura dois anos, e na matéria, conta que ela caiu da porta de um ônibus em movimento no dia 15 de junho de 2015 enquanto ia para o colégio em Ananindeua, cidade próxima a Belém, no Pará.
Ela já passou por uma raspagem e dois enxertos mal sucedidos, perdeu cerca de 10kg e hoje pesa apenas 32kg e não tem condições financeiras para realizar outro enxerto, ela precisa muito de nossa ajuda.
_
“O primeiro foi uma retirada da pele da perna esquerda, mas não ‘pegou’ por causa de uma bactéria hospitalar. Passei por um segundo enxerto, mas que também não pegou por causa dessa bactéria”. Minha família não tem condições de pagar o tratamento, o dinheiro que a minha família tinha já gastou tudo comigo”, lamenta a pequenina.
_
Agora, Adriana necessita muito de um tratamento feito em uma câmara hiperbárica, um procedimento para a aceleração da cicatrização do ferimento e revela que sua família já gastou tudo o que tinha com ela e que não há ninguém para quem ela possa recorrer, já que cada uma dessas sessões chegam a custar cerca de R$350,00 reais e deve ser realizadas em um hospital particular em Belém.
_
Em entrevista ao Diário OnLine ela disse que precisa realizar 30 sessões, e que até agora conseguiu realizar apenas 13 com a ajuda de uma pessoa na qual não foi revelado o nome, ainda faltam 17 sessões e aos prantos, a menina ainda falou sobre sua infância, já que não consegue mais realizar as brincadeiras e nem ao menos treinar a arte suave, que é o que ela mais ama fazer.
_
“Uma pessoa pagou algumas, fiz 13 sessões, mas de início a médica disse que vou precisar fazer 30 sessões e depois será feita uma avaliação para verificar se há necessidade de mais. “Eu era muito diferente do que eu estou agora. Vocês não vão estar doando só dinheiro, vocês vão estar trazendo minha saúde de volta. Vão estar me ajudando a recuperar a minha vida”, finalizou.
COMO AJUDAR
Para ajudar Adriana Silva basta entrar em contato através do telefone (91) 98203-3692 (Whatsapp) 98296-3947 ou colaborar com qualquer quantia para:
Caixa Econômica Federal
Agência: 1749
Operação: 013
Conta poupança: 43571-3
_____
Bradesco
Agência 02831
Conta corrente 38038-5

Related posts

Leave a Comment