Nate Diaz provoca o UFC e afirma que ganha muito dinheiro com a “indústria da maconha”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Foto: Getty Images.

Nate Diaz sempre passou longe de ser um atleta disciplinado e, bastante afastado dos holofotes do UFC, é claro que o americano não deixaria barato. Sem lutar desde agosto do ano passado e ainda sem previsão para retornar ao octogono, Diaz não perdeu a oportunidade de alfinetar o UFC mais uma vez.

Após seu último combate, contra Conor McGregor, Nate Diaz chegou na coletiva do UFC 202 com um vaporizador de maconha medicinal. Quando questionado sobre o que continha dentro do vaporizador, o lutador foi categorico em responder que era “óleo de CBD”, conhecido também como óleo cannabidiol,a substância compõe 40% do extrato da planta mas não causa alucinações.

Isso chamou atenção das empresas que vende produtos feito com base na cannabis (nome cientifico da maconha) e, em entrevista ao programa “The MMA Hour” que Nate Diaz falou um pouco da dimensão dos lucros.

“Eles tentaram me dar um gelo, me esconder até que eu sumisse. Mas tudo bem, porque não vou sumir. Continuo aqui no jogo. Continuo treinando mais duro que qualquer um. Continuo recebendo ligações. A indústria da maconha me dá dinheiro para caralho”, declarou.

Nate Diaz atualmente tem 32 anos de idade e, possui um cartel bastante instável, das 30 lutas em que atuou como profissional do MMA, venceu 19 e perdeu 11. Vale ressaltar que Nate já foi alvo de punição da USADA por uso de substancia proibida.

 

Related posts

Leave a Comment