Com luta marcada, Jorge Masvidal quer “vinganca” contra Cerrone

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Atleta quer vencer Cerrone de qualquer maneira (Foto: UFC).
Atleta quer vencer Cerrone de qualquer maneira (Foto: UFC).

 

Jorge Masvidal nunca enfrentou o norte americano Donald Cerrone em sua carreira, porém, o peso meio-médio que irá encara-lo no dia 28 de janeiro pelo UFC On FOX 23 que será realizado no Pepsi Center, em Denver, Colorado, nos Estados Unidos, a mesma cidade aonde a primeira edição do Ultimate foi realizada, dia 12 de novembro do ano de 1993 prometeu se vingar do “Cowboy”.

Em entrevista ao programa americano “The MMA Hour”, Masvidal rasgou elogios aos novos “donos” do UFC, principalmente a Ari Emanuel, um dos sócios da WME-IMG.

“Eles me deram essa luta e eu quero enviar uma mensagem rápida para o Ari Emanuel, porque ele fez isso (a luta com Cerrone) ser possível também. Ari entrou nos bastidores e mostrou um monte de amor, então quero enviar uma mensagem para ele. Eu sou legal com ele, ele é um cara bom. Tivemos uma pequena conversa, e você sabe, ele é um cara legal. Eles (novos donos do UFC) estão recebendo muito “calor”. Muitas pessoas estão falando sobre eles, e não muito bem, mas até agora, para mim, com a nova administração, já encarei Jake Ellenberger, e tenho luta com Cowboy. Estou amando a nova administração”disse Masvidal.

Na mesma entrevista, o lutador afirmou que que o grande motivo dessa “vingança” é por causa de uma luta que seu próximo adversário teria tomado dele nesse ano de 2016.

Eu queria ter uma pequena vngança. Eu queria colocar minhas mãos sobre ele (Cerrone), e que maneira melhor de fazer isso do que ser pago por isso? É como foder (transar), vamos apenas chamar este cara esgotado, ele tomou o meu adversário de qualquer maneira. E se eles o deram a mim, eu vou lhe dar um tabefe e obter minha vingança. Para lutar contra uma pessoa como essa, sabia que iria lutar com ele sob alguma circunstância especial. Mas eu não me importo, se ele fosse de Marte, eu estaria lutando com ele em Marte. Eu não dou a mínima. Estive lutando nos quintais das pessoas toda a minha vida”disparou afirmando que Cerrone teria tomado seu adversário no UFC 205, que seria Kelvin Gastellum no UFC México em novembro. 

 

Related posts

Leave a Comment