Allan “Puro Osso” comemora nova oportunidade de lutar pelo Rizin Figting Federation

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Please enter banners and links.

Allan "Puro Osso" (centro-foto) posa junto de seu treinador Diego Lima e Rudimar Fedrigo, o fundador da Chute Boxe (Foto: Arquivo Pessoal).
Allan “Puro Osso” (centro-foto) posa junto de seu treinador Diego Lima e Rudimar Fedrigo, o fundador da Chute Boxe (Foto: Arquivo Pessoal).

Allan Puro Osso, uma das principais revelações do MMA nacional, foi confirmado, na última quarta-feira (30), no card do Rizin 3. O brasileiro enfrentará o japonês Yuki Motoya, no dia 29 de dezembro, no evento que terá como luta principal o duelo de lendas do esporte entre o croata Mirko “Cro Cop” Filipovic e o brasileiro Wanderlei Silva. O local não poderia ser mais emblemático: a Saitama Super Arena, no Japão, que, no passado, foi a casa de históricas lutas do Pride.

Peso-mosca de origem (57kg), a luta do atleta da academia Chute Boxe Diego Lima com Motoya foi previamente acordada entre as duas equipes e será disputada no peso casado de 60kg. Essa é a segunda vez que a organização coloca os dois lutadores frente a frente. Na primeira tentativa, no entanto, em abril deste ano, o combate não aconteceu porque o japonês não bateu o limite de peso da categoria e o duelo foi cancelado.

Feliz com a nova oportunidade de lutar no Rizin, Puro Osso comemorou a chance de fazer parte de um dos maiores eventos de MMA do mundo e descartou o clima de “acerto de contas”.

“É hora de continuar a escrever a minha história. Em abril, fizemos uma longa programação para lutar no Japão, mas, na última hora, o combate não aconteceu. Sei do meu potencial e tenho certeza de que chegarei no topo da modalidade. Vencer no Rizin, que é um dos principais eventos de MMA do mundo, seria um grande passo para mim. O Motoya não bateu o peso na primeira vez e tivemos que adiar o nosso encontro, mas não tem essa de acerto de contas. Estou treinando muito para chegar na hora e impor o meu jogo, a minha estratégia, e sair com a vitória”, falou o paulistano.

Allan Puro Osso vem de dois triunfos consecutivos e está invicto em 2016. Em seu último confronto, dia 29 de outubro, o peso-mosca venceu Roberto Souza, por pontos, e, de quebra, faturou o cinturão da categoria no Gold Fight 8. Em toda a sua carreira, o lutador acumula 16 vitórias (11 finalizações, três decisões e dois nocautes) e três derrotas (todas por pontos).

Mesmo com apenas um mês para a luta, o paulistano não terá problemas em sua preparação, já que vinha em ritmo forte de treinamento.

“Eu já vinha na expectativa e o Mestre Diego Lima sabia que eu precisava estar na minha melhor forma antes mesmo do anúncio. Então, mantive o empenho com a galera da Chute Boxe e estou muito bem preparado. A luta acontece dia 29 de dezembro. Farei de tudo para ter um belo Ano Novo e entrar em 2017 com o pé direito”, brincou o brasileiro

Related posts

Leave a Comment